domingo, 27 de julho de 2014

Goma de Tapioca


Gostosa, barata, fácil de fazer, nutritiva e genuinamente brasileira ... a tapioca é um prato super versátil!

Como boa neta de nordestinos, sou apaixonada por tapioca, mas o engraçado é que só descobri essa paixão depois de grande.

E por quê isso?
Minha avó só comia a tapioca purinha, sem manteiga e sem nada. E claro que assim, a tapioca não apeteceu meu paladar infantil.
Só me atrevi a comer novamente quando mais velha, experimentando a de uma amiga, que por sinal, estava recheada de queijo de coalho. Daí pronto: o Amor nasceu!
E nas minhas viagens ao Nordeste, todo dia tinha uma diferente no cardápio. SEMPRE.

E do que é feito?
Gente, a tapioca é feita de POVILHO !!!!!!!!
Sim, minha gente, o mesmo povilho do pão de queijo. 
Nada mais, nada menos.
No Brasil, seria o doce, que é o mais fininho.

E como fazer ??? Isso eu vou te ensinar agora!
Eu sei que a receita original manda deixar a goma de molho de um dia pro outro e tal ...
Mas pra quê complicar, se a gente pode simplificar ???

Pensando nisso, fiz uma quantidade pequena pro preparo ser mais fácil ... caso queira mais, multiplique a receita.


1 1/2 xíc. de povilho
1/2 xíc. de água filtrada
1 pitada de sal


Comece colocando o polvilho em uma tijela, tempere com um pouquinho de sal e vá acrescentando a água aos poucos e mexendo com cuidado.


Você vai obter uma massa estranha, com cara de líquida, mas é meio seca quando você passar o garfo.


Essa mistura deve descansar por uns 30 minutos para que o polvilho hidrate e fique mais solto. 
Se depois disso, tiver água em excesso sobre a goma, escorra.
Passe a massa para um pano limpo e torça para tirar o excesso de água.


Agora, passe a goma por uma peneira.


De inicio, a massa estará sólida, mas logo logo ela começa a se quebrar e a formar grumos. Aí você pode usar uma colher de pau para ajudar o processo de peneirar e deixá-la mais fina.


Depois disso, você vai ter a massa ou goma de tapioca pronta para ser usada. 


Numa frigideira pré-aquecida (fogo brando), coloque a goma. 
Calcule uma quantidade que cubra o fundo da frigideira. 
Despeje com uma colher ou as próprias mãos.

NÃO SE UNTA A FRIGIDEIRA.

O processo é o mesmo de fazer panquecas.
Com o calor, a goma irá cozinhar e a borda, se desgrudar da frigideira.


Vire a panqueca e, se você desejar, coloque o recheio desejado.

Lembre-se: quanto mais tempo no fogo, mais crocante a tapioca ficará.
Acrescente manteiga, mel ou o que você desejar. 
No Nordeste, o recheio pode ser côco ralado ou queijo de coalho. Também é comum molhar a tapioca com leite de coco e açúcar. Nesse caso, é servida fria.
Ja' do jeito paraense, passa-se a manteiga com as costa de uma colher e enrola, antes de servir.

Para guardá-la, coloque em um pote bem fechado ou saco de congelados e guarde na geladeira para usar quando quiser.
Dá pra conservar na geladeira(por uma semana) e até congelar a tapioca já peneirada.




Deixe seu Comentário !!!